Coisas Eróticas no Transalouca
27/03/2012

Coisas Eróticas no Transalouca

Os jornalistas Denise Godinho e Hugo Moura falam sobre o primeiro filme pornô brasileiro em livro

Texto e fotos: Jaqueline Pontes
 
No dia 27 de março, o Transalouca 4.0 recebeu os jornalistas Denise Godinho e Hugo Moura, que estão lançando o livro Coisas Eróticas.
 
A publicação conta detalhes da primeira produção pornô brasileira de Raffaele Rossi, que foi lançado em 1982. Pestes a completar 30 anos da estreia, os autores resolveram reviver a história do longa que mudou o mercado pornográfico do país, atraindo 4,5 milhões de expectadores em plena Ditadura Militar e, curiosamente, atingindo bilheteria igual a recentes sucessos como Carandiru e Se Eu Fosse Você.
 
“Antes só existiam as pornochanchada, que eram uma mistura de sexo com humor, mas nessa época as pessoas já queriam ver sexo explícito e esse cara começou a procurar gente que topasse atuar”, contou Hugo.
 
Segundo os convidados, a produção de Coisas Eróticas foi super caseira – gravado na casa da cunhada de Raffaele e na chácara de um amigo. “Eles não tinham nenhuma tecnologia, inclusive, primeiro registraram as imagens e depois o som”, contou Denise.
 
Para escreverem o livro, os dois entrevistaram artistas do filme, mas alguns não quiseram falar sobre o assunto. “Hoje em dia, algumas mulheres são mães, avós, outra está casada com um cara super religioso, então, para eles, essa já é uma página virada”, afirmaram. Foram procurados ainda atores que atualmente trabalham no ramo para uma comparação. “Os levamos a uma locadora e queríamos saber as principais diferenças de Coisas Eróticas para os filmes de hoje e foi bacana porque os caras contaram que gostaram do longa porque ele tinha um enredo por trás do sexo explicito, com diálogos, algo mais próximo da realidade.”
 
Ainda de acordo com os jornalistas, a grande estrela da produção foi Oásis Minniti, que posteriormente se tornou o rei do sexo explícito, deu aulas sobre o assunto e foi até convidado para testar remédio de disfunção erétil – a famosa pílula azul. “Ele era advogado e largou tudo para atuar e, quando morreu, todos falavam que ele teve AIDS, mas conversando com a família descobrimos que ele teve problemas de coração”, comentaram.
 
No dia 4 de abril, Denise e Hugo estarão na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, onde vai rolar o lançamento oficial da publicação e prometeram grandes surpresas.
 
Clique aqui e saiba onde encontrar o livro Coisas Eróticas pelo melhor preço através do Transhopping, o seu guia de compras online.
 
Site: www.aprimeiravezdocinemabrasileiro.com

 

 comentar (2)

Comentar






Comentários (2)
Valew Morango por usar a Blusinha ki eu fiz pra vc... Bjinhus...
Eu ouvi td,a morango ficou td empolgada com a historia do primeiro filme erotico ser protagonizado por duas mulheres. Sou louca pra conhecer vc morango,adoro a safadesas q rolam no transalouca kkkk
 
 

Rua Pio XI, 1.587 - Alto de Pinheiros
05468-902 - São Paulo / SP

Telefone: (11) 3024-5800

Telefone do ouvinte: 0300 789 1001 / (11) 3025-1001

Transamérica Esportes: (11) 3022-4776






Desenvolvido por Ingrupo//chp Propaganda
 


LinkButton